_____________ ?

Não sei se consigo manter o ritmo desse frenesi criativo em que vivemos no tempo de hoje. Modéstia à parte, sempre me considerei uma pessoa com certa criatividade, inventora de histórias, sonhadora de olhos abertos, perspicaz nos comentários cotidianos com um toque de acidez natural. Mas ando sofrendo de um sedentarismo mental, de uma apatia criativa que parece que não vai me deixar tão cedo. Isso se reflete no meu sumiço aqui, mas ali também. Na vida online e na vida offline. É um desgaste, talvez do dia a dia, que não me permite sentar-me confortavelmente em frente ao computador e deixar os dedos deslizarem pelo teclado, fluindo pensamentos que borbulham o tempo inteiro na minha cabeça. É um desgaste que não me permite usufruir de uma boa leitura, de um bom rascunho para uma boa história. Que não me permite nem mesmo fingir que aprecio os textos obrigatórios que leio toda semana.

Que mal será este? Será que é permanente?

Eu continuo ali, fazendo os planos, mas algo me impossibilita de pô-los em prática. Aliás, prática em geral, tem sido algo tão pesado. Ando fazendo tudo de forma enfadonha, como se estivesse num eterno suplício. Tenho sido impaciente com os outros, impaciente comigo mesma. Penso em escrever no blog, prática antiga, infalível na hora de me fazer me sentir de bem com o mundo de novo, e parece mais um castigo. O que escrever? Que imagens arranjar? Parece uma tarefa complicada demais, dispendiosa demais, para que eu siga em frente. E de repente, a arte de blogar, pareceu muito criativa e muito exigente para meus baixos padrões.

E assim os dias passam-se.

Queria saber em que ponto, exatamente, as coisas saíram do eixo? Foi agora e eu estou atordoada tentando encontrar respostas? Ou já faz tempo, bastante tempo, e como um vulcão, a coisa toda entrou em erupção e avançou montanha abaixo, queimando tudo pela frente?

Sinceramente, não sei dizer.

Anúncios

2 comentários sobre “_____________ ?

  1. olha, eu acredito que esse tipo de coisa não acontece assim, a etapas e degraus, mas de uma hora para outra – como consequência de uma série de outras coisas não relacionadas. pode ser um momento que esteja passando, um desânimo momentâneo, não sei. porém, seria bom voltar aos eixos antes que comece a sentir que não produz nada que preste. se chegar a esse ponto, vai ficar critico. se a sugestão servir: escreva. mesmo que não queira, que não se ache capaz que fazer algo bom, escreva. {Emilie Escreve}

    Curtir

    1. Oi! Obrigada pelo comentário! Pois é, tem dias que é tudo ótimo, mas tem dias que me sinto um verdadeiro caco, acho que são as pressões diárias que ficam na minha cabeça e me impedem de fazer qualquer coisa, sabe? Enfim, vou tentar escrever mais para ver se consigo expurgar esse desânimo e sentimento ruim!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s